Mensageiro de Jesus

“Bens e valores celestes”

Proclamando

“Não ajunteis tesouros para vós na terra, onde a ferrugem e as traças corroem, onde os ladrões furtam e roubam. Ajuntai para vós tesouros no Céu”… Quais tesouros as pessoas têm se preocupado em acumular? Jesus lembra que Deus olha para o coração e nos convida a perguntar onde estão nossas verdadeiras prioridades. Onde está o meu coração e, portanto, o meu tesouro? Em algo duradouro, que não pode ser corrompido pela ferrugem ou roubado, ou em algo puramente material, como dinheiro, sucesso, popularidade...

“Oração, a força do cristão”

Cenáculo

Há um princípio válido de maneira geral para a vida cristã: “Buscar primeiro o Reino de Deus e a sua justiça” (Mt 6,33). A vontade de Deus deve ocupar o primeiro lugar. E a vontade de Deus, expressa no Pai-Nosso, é que se reze, mas, principalmente, que se viva como irmãos, que suplicam juntos por suas necessidades ao Pai do Céu. A grande força para não cair na tentação é a oração. Jesus ensina a “rezar sempre, sem nunca desistir”. A oração pode ser memorizada, meditada, espontânea, esquematizada...

“Estabelecendo comunhão com Deus”

Ype florido

Esmola, oração e jejum, são válidos e propícios se estabelecem uma comunhão com o Deus invisível. Assim, receber-se-á a recompensa do Pai, que vê tudo no segredo. É preciso esmola sem ostentações que favorece a vivência da caridade e comunhão com o outro; oração sem vaidades para estabelecer comunhão com Deus; e jejum sem falsa piedade para se atingir autocontrole e comunhão consigo mesmo. Mais uma vez Jesus se apresenta como um mestre que ensina com autoridade, desejando que seus alunos aprendam e pratiquem boas obras...

“Sejamos sal e luz na terra”

Profeta

Jesus ensina a seus discípulos que sejam perfeitos como o Pai Celeste é perfeito. Como? Ora, Deus permite que a chuva caia e o sol se abra tanto sobre os bons quanto sobre os maus, sobre os justos e sobre os injustos. Assim deve ser o amor para com o próximo, mesmo que ele seja um inimigo, malvado, injusto. A perfeição cristã, está em agir exatamente de forma contrária aos que não seguem a Jesus: amar os inimigos, orar pelos que “me perseguem”. Além disso, é vivendo assim, sendo a diferença no mundo, sal e luz da terra...

“O poder da oração”

Em oração

Sabemos que toda amizade precisa de encontros. Todo relacionamento, para se tornar efetivo ou afetivo, necessita de presença. Assim é a força da oração: ela tem a capacidade de produzir encontros que geram diálogos e, no diálogo, acontece algo extraordinário: a intimidade. O simples fato de estar perto, falar, interagir, dialogar, intensifica a amizade, gera vínculos. No diálogo aberto, sincero e verdadeiro, há liberdade para abrirmos o coração e mostrar nosso interior do jeito que ele é e como ele está. E acontece outro fato...

“Meu jugo é suave e meu peso é leve”

Lindo demais

Neste trecho do Evangelho, Jesus nos aconselha a sermos desprendidos da Lei Antiga, que ensinava a revidar o mal que nos fosse feito. Ele, Jesus, veio trazer o Reino de Deus, ou Reino de Amor, que nos ensina justamente ao contrário. Amar a quem nos ofendeu ou odeia-nos é tarefa bem difícil, pois, por natureza, facilmente ficamos cheios de ódio quando alguém nos ofende. Como nosso Salvador nos ensinou, “Tendes ouvido o que foi dito “Olho por olho, dente por dente. Eu, porém, vos digo: não resistais ao mau”. Só a...

“Anúncio do Reino de Deus”

Ministro da Palavra

Dever de todo cristão: semear. Trata-se da tarefa do discípulo de Jesus em todos os tempos: não se preocupar com o momento da colheita, também pouco com o processo de crescimento, seu dever é semear, anunciar a continuação de Jesus, o Evangelho do Reino de Deus. Hoje é dia de Santo Antônio, sem dúvida um dos santos mais amados e invocados no mundo. No Evangelho de hoje, Jesus usa uma parábola para identificar o Reino divino: “O Reino dos Céus é como o grão de mostarda que, semeado, cresce, torna-se maior do que todas as...