Mensageiro de Jesus

Arquivojulho 2018

Reflexão do Evangelho de Jesus

O banquete

Os discípulos querem entender a parábola do joio. Jesus vai ajudá-los a entender que essa é a história humana, consequência das escolhas humanas, do caminho do qual o homem e a mulher decidem andar: o do bem ou o do mal. Jesus lembra ainda que é preciso dar o tempo para a decisão humana, mas chegará o momento em que isso não poderá mais esperar: é a hora do juízo de Deus sobre a humanidade. Meditemos para que andemos no caminho que Cristo nos aponta. Agradecamos a Deus pelo presente da evangelização que recebemos gratuitamente...

Eucaristia, o Pão descido do Céu!

Diacono Walquir

O milagre da multiplicação dos pães e dos peixes antecipa o mistério da Eucaristia, “pão da vida eterna e que nos sacia de verdade”. É o alimento que sustenta a Igreja de Deus, e é, sem dúvida, o melhor presente que Jesus podia deixar aos Apóstolos, na véspera de sua paixão e morte na cruz. Jesus, na Hóstia Santa, recebe nossa adoração e, ao mesmo tempo, nos convida a partilhar com os irmãos os benefícios de sua presença sacramental: a paz, a concórdia, o perdão, a fraternidade e a boa vontade de fazer aquele bem...

Ouçamos a Palavra de Deus

Mão

O semeador é cuidadoso, para que as sementinhas caiam num terreno bem adubado e devidamente preparado e, assim, aguarda por uma colheita abundante e frutuosa. Jesus usa esta comparação para deixar claro que quem ouve a Palavra de Deus e a poe em prática frutifica, isto é, dá bons frutos. É preciso ser dóceis à vontade divina e estarmos atentos ao convite divino. Deus conta conosco. É preciso semear a verdade de Cristo, para que nasça, cresça e produza frutos no meio de nós. (Mt 13, 18-23)

Comemorando o dia dos avós!

Vovo

Hoje é dia do casal Joaquim e Ana, os pais de Nossa Senhora. É o dia dos avós. Minha oração e estima a todos os avós! A eles nossa eterna gratidão, de filhos e netos, e uma oração neste dia tão especial. Como é bom apreciar o dom da vida, passada de pai para filho, em pleno respeito e obediência ao grande projeto de Deus: “Crescei e multiplicai-vos, enchei a terra e dominai-a”. Somos imagem e semelhança de um Deus que continua sua obra criadora porque nos ama e nos quer todos consigo na pátria do Céu.

Família de Jesus

Maravilhosa

Ao longo de seu ministério público, Jesus formou uma grande família, composta por numerosa multidão que o seguia, atraída pela sua palavra e seu jeito diferente de ser. Um grupo de 12 apóstolos e 72 discípulos viviam mais achegados à sua pessoa. Haviam deixado suas terras e suas famílias, sem saber que um dia Jesus, apontando com a mão para eles, diria: “Eis aqui minha mãe e meus irmãos”. Um conceito novo de familiaridade íntima, visando a salvação da humanidade. Obrigado Jesus!!! (Mt 12, 46-50)

O Senhor é o meu Pastor

Com a ovelha no colo

O SENHOR É O PASTOR QUE ME CONDUZ; FELICIDADE E TODO O BEM HÃO DE SEGUIR-ME! (Salmo 22) O Senhor é o pastor que me conduz; não me falta coisa alguma. Pelos prados e campinas verdejantes ele me leva a descansar. Para as águas repousantes me encaminha, e restaura as minhas forças. Ele me guia no caminho mais seguro, pela honra do seu nome. Mesmo que eu passe pelo vale tenebroso, nenhum mal eu temerei; estais comigo com bastão e com cajado; eles me dão a segurança! Preparais à minha frente uma mesa, bem à vista do inimigo, e com óleo...

Pastoreando suas ovelhas!

Bispinho

A compaixão é o sentimento fundamental do coração de Jesus. Ele partilha de nossas dores e nos faz companhia nos momentos de tristeza. Essa presença é simbolizada pela figura do pastor que tem amor por suas ovelhas. A Palavra hoje é um convite pessoal e comunitário à busca dessa compaixão, bálsamo que podemos levar ao mundo ferido pelo descuido dos maus pastores. Ainda que caminhemos pelos vales da morte, ao nosso lado está aquele que nos redimiu pelo sangue derramado na cruz. (Mc 6, 30-34) QUE NOS MOMENTOS DE CANSAÇO, POSSAMOS...