Mensageiro de Jesus

Arquivofevereiro 2019

Jesus, pão descido do céu!

Diacono Walquir

O pão é a via de comunhão entre os homens, como símbolo por excelência do trabalho humano, do sustento e da partilha. Isso é o que lhe dá a sua grandeza. A partilha do pão, especialmente com os mais pobres, é, além disso, um gesto sagrado e expressão de piedade e amor autêntico. A partir dessa realidade, conseguimos entender e compreender por que a celebração e a comunhão eucaristicas, dominicais ou diárias, mais do que serem parte de uma devoção privada, fomentam a fraternidade e o compromisso social. (Mc 8, 1-10)

Um coração aberto!

Fixe

“Efatá”, que quer dizer: “Abre-te”, deve ressoar profundamente em nós, para que tenhamos um coração aberto para acolher o que nos diz o Senhor, e proclamar sua grandeza com nossa vida. Se quiséssemos fazer uma pesquisa para catalogar os milagres operados por Jesus, notaríamos que a grande preferência foi para as pessoas doentes, como no caso do mudo e surdo, do Evangelho de hoje. Com a cura milagrosa iniciou para esse homem um capítulo novo na história da sua vida, e tornou-se um ótimo propagador da pessoa de...

Humildade!

Pe. Ricardo

Uma das condições para receber a resposta de Deus diante dos nossos pedidos é a humildade. Quem pede com fé e com humildade recebe. É o mesmo Jesus que afirma: “Pedi e recebereis, buscai e achareis, batei e abrir-se-vos-á”. O mesmo Jesus ensinou a rezar incessantemente, aceitando a vontade divina que sempre age para o nosso bem, como um pai providente, atento, aberto, sempre presente e dedicado.

Doces palavras!

Boné

“Quão saborosas são para mim vossas palavras! São mais doces que o mel à minha boca”. (Salmo 118.103) A Palavra de Deus é alimento puro! Como tal, ela nos sustenta, dando todos os nutrientes necessários de que nossa alma precisa. A Palavra de Deus também é agradável, como uma saborosa fruta ou delicioso mel no café da manhã. “Minha oração é que vocês usem estas reflexões que publico diariamente, para crescer espiritualmente e sentir a Palavra de Deus ressoar em seus corações”.

Proclamando o Evangelho de Jesus!

Quartel

Marcos faz um pequeno apanhado das atividades de Jesus nos arredores da Galileia. O povo vai para Genesaré, pois sabia que lá encontraria Jesus. O povo estava desejoso de encontrar respostas para sua situação de dor, de tristeza, de desesperança. Todos o conheciam e vinham trazer seus doentes para que os curasse. Seu poder era tão grande que bastava que tocassem em suas vestes. Ele não apenas curava os corpos enfermos, mas curava mais ainda os corações magoados e sofridos. É o mesmo Jesus que está presente junto da Comunidade e de...

Seguindo os caminhos de Jesus!

Navegando

“Jesus, porém, disse a Simão: “Não tenhas medo! De hoje em diante tu serás pescador de homens”. (Lc 5, 1-11) Desde criança, seguindo meu pai, aprendi a pescar. Iniciei minhas pescarias no rio que passava na Vila Votocel, em Votorantim, onde morava. Conforme fui crescendo, fui lançando meus anzois e minhas redes mais longe, como: na Represa da Light, na Represa de Pilar do Sul, na Represa de Paranapanema. Depois, querendo pegar peixes maiores, em águas mais profundas, fui mais longe ainda, como em: Peruíbe, Cananéia...

Meditação do Evangelho de Jesus!

Na praia

É possível até imaginar a frustração de Jesus diante da não aceitação dos seus, apesar de tantos milagres que vinha realizando e de seus ensinamentos. Não sermos aceitos pelos que não nos conhecem é difícil, mas não sermos aceitos pelos nossos, é ainda mais doloroso. É natural querermos o melhor primeiro para os de casa, o amor nos pede isso. Entretanto, o Evangelho nos mostra que nem sempre é assim. Quando essa triste realidade tocar em nossa carne, olhemos para Jesus, pois Ele provou desta dor antes de nós; por isso, ele...