Mensageiro de Jesus

“Anunciando a Boa Nova”

No Patio do Divino
Jesus queria que seus apóstolos, seus enviados, pusessem sua confiança na mensagem que levavam e nos poderes que receberam do Mestre. Usassem dos meios que encontrassem, mas não condicionassem o anúncio aos cuidados e apoios humanos. Quanto às necessidades pessoais, deviam confiar que o Senhor providenciaria o que lhes fosse necessário. Os doze foram e voltaram felizes.
Reunindo Jesus os doze apóstolos, deu-lhes o poder e autoridade sobre todos os demônios e para curar enfermidades. Envio-os a pregar o Reino de Deus e a curar enfermos. Nós também somos convidados por Jesus a prosseguir a sua obra de libertação de males físicos e morais de nossos irmãos, difundindo por toda parte sua doutrina do amor e do perdão. Tal missão exige de nós, primeiramente, que perdoemos os que nos ofenderam, para que, depois, tenhamos força moral para pedirmos aos outros que se perdoem mutualmente. Devemos ser humildes, pobre e livres, para que não se pense que realizamos a missão para obter algum proveito pessoal. Nosso amor deve ser gratuito. (Lc 9, 1-6)

Sobre o autor Visualizar todos os posts Autor website

Reinaldo

Reinaldo

O idealizador deste site quer que seus leitores recebam um precioso recado de Jesus, que os orienta sobre a melhor maneira de pensar, agir e viver.

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado *