Mensageiro de Jesus

“Jesus nos convida”

Dois monges
Quantas vezes o exemplo de pessoas de bem, sua sugestão de que nos convertamos, seus apelos de que saiamos de nossa vida errada são maneiras variadas de Jesus passar em nossa vida? Mesmo assim, muitas vezes, não aceitamos seus convites. Ele passa e poderá não voltar mais.
Bartimeu não perdeu a oportunidade: gritou bem alto: “Jesus, filho de Davi, tem pena de mim”. Ele sabia o que era enxergar, poder trabalhar, não depender dos outros. Por isso gritava cada vez mais, pedindo que Jesus tivesse dó. Tenho a impressão que eu, quando peço que Deus me ajude e salve, não sei de fato o que estou pedindo, nem estou muito convencido de minha necessidade. Por isso quase não peço ou rezo sem muito empenho. (Lc 18, 35-43)

Sobre o autor Visualizar todos os posts Autor website

Reinaldo

Reinaldo

O idealizador deste site quer que seus leitores recebam um precioso recado de Jesus, que os orienta sobre a melhor maneira de pensar, agir e viver.

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado *