Mensageiro de Jesus

“Também nós erramos”

Palmitos
João Batista era tão extraordinário que Herodes pensava que ele fosse um milagre vivo. Mas não aceitava suas palavras e queria matá-lo, porque tinha o coração preso a outros interesses e a outros amores. Acabou matando o profeta. Nós também se temos o coração preso a decisões já tomadas, se já escolhemos outros amores, não podemos aceitar a Palavra de Deus, que nos convida romper todos os laços do mal.
São João Batista morreu como mártir, vitima do dever de profeta. “Com efeito, Herodes o tinha mandado meter na prisão por causa de Herodíades, esposa do seu irmão Felipe. João lhe tinha dito: Não é permitido tomá-la por mulher!” Todos nós somos profetas, no sentido de corrigir quem erra, mas devemos fazê-lo com caridade, e não como quem se acha superior aos irmãos. Somos todos iguais, e por isso, a correção deve ser feita com muita humildade, porque também nós erramos. Temos de denunciar o erro, mas respeitar e amar aquele que errou. (Mt 14, 1-12)

Sobre o autor Visualizar todos os posts Autor website

Reinaldo

Reinaldo

O idealizador deste site quer que seus leitores recebam um precioso recado de Jesus, que os orienta sobre a melhor maneira de pensar, agir e viver.

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado *