Mensageiro de Jesus

Você escolhe o bem ou o mal?

 

 

indecisãoO ser humano é o centro da criação e tem a responsabilidade de cuidar de tudo o que foi criado. A liberdade faz parte da natureza do ser humano. Ela lhe dá o direito de escolher o melhor caminho. Porém, se o ser humano escolher o mal, sofrerá as conseqüências dessa escolha. Somos chamados a avaliar bem tudo o que está ao nosso redor, para que nossa decisão seja de acordo com a vontade de Deus.  (Mc 7, 14-23)

Esse trecho do Evangelho é bem atual. Jesus acabou com toda aquela crença da proibição de comer carnes de animais ou outras coisas que tornariam a pessoa impura. Por quê? Porque essas coisas não entram no coração. Vão para o estômago e depois para a terra.

Jesus pergunta: “De onde é que surge a impureza”? A impureza surge do coração. Até hoje, pensamos também que nos tornamos impuros porque as coisas vêm de fora. Cristão que é cristão tem que acabar com isso. O que vem de fora não nos afeta, não nos torna impuros, não pode nos transformar.

A impureza está no que nós fazemos quando inventamos desculpas para deixar de fazer ou agir, quando agimos com inveja, quando jogamos a culpa no outro, na tentativa de nos justificar, quando inventamos algo sobre o outro, quando deixamos de cuidar do nosso coração para nos ocupar com as coisas de fora. É do que sai do nosso coração que devemos cuidar, porque é do coração que sai a maldade quando faço um comentário não muito honesto sobre o outro.

Jesus mesmo disse: ”O que sai do nosso coração é o que vai nos tornar impuro ou puro”. Temos que olhar para dentro de nós mesmos para que a mudança possa ocorrer de dentro para fora. Antes de se preocupar com o que entra em nossas vidas, preocupemo-nos com o que sai do nosso interior.

 

SENHOR, FAZEI O NOSSO CORAÇÃO SEMELHANTE AO VOSSO!

 

  

Sobre o autor Visualizar todos os posts Autor website

Reinaldo

Reinaldo

O idealizador deste site quer que seus leitores recebam um precioso recado de Jesus, que os orienta sobre a melhor maneira de pensar, agir e viver.

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado *